[ editar artigo]

O pensar

Com o curso de Inovação pude complementar estudos que já estava fazendo anteriormente e áreas que tenho percorrido na qual outrora, não era meu interesse.

Todavia penso que esses estudos tem cada vez mas expandido meus conhecimentos e trazendo ideias e acredito que esse seja o objetivo principal do curso frente aos seus alunos.

Fazer com que se estrale um ''tick'' em sua respectiva cabeça e ponha seu cérebro em constante movimento e não entre em inércia, e fique acomodado em vários de seus momentos, por exemplo nestes tempos tão incertos como vivemos em época de pandemia e corona vírus ao redor do mundo.

Busque pensar, calcular e sobretudo por suas ideias em pratique. Inove e acima de tudo transforme, seja o mundo, seja ao seu redor, seu ciclo de amizade.

Ideias muitas vezes vêem e vão, pesque elas, ponha elas em teste, em investigação.

Não tenha medo de pedir ajuda, não tudo você deve fazer sozinho, e ser o dono de tudo. Procure ''sócios'', que compre sua ideia, tenha esse mindset. Outras pessoas podem comprar sua ideia, acrescentar novas atribuições a ela, te enveredar para um caminho que você não havia pensado antes, e com esse grupo de pessoas , de cabeças pensantes, podemos criar coisas inimagináveis.

Nunca é tarde para pôr planos em atividade. Nunca é tarde pra empreender, criar e inovar. O que nós move é pensar, é o pesamento.

Simplesmente pule, e arrisque.

Esse mundo digital tem nos oferecido ferramentas espetaculares

Esse curso todo me fez relembrar de uma notícia vista por mim, uma vez.

Acerca do criador do Facebook, e o dia que ele propôs a ideia da criação desta empresa e chamou 5 colegas para ouvir em seu quarto na Universide de Harvard em Massasuchets. E apenas 2 foram e gostaram e compraram a ideia de seu colega e hoje são bilionários assim como ele.

E os outros 3 que não deram ao menos a chance de ouvir o que Zuckerberg sugeriria.

Qual será o pensamento deles hoje? 

 

Mundo Centro Europeu
Ler conteúdo completo
Indicados para você